SOBRE EXPECTATIVAS

Maria Angela Boccara de Paula

08/04/2020

Será que seremos capazes de viver sem expectativas?

 Tanto se fala delas na contemporaneidade, as colocamos num papel de grande vilã nas nossas vidas, mas será que é realmente tão complicado e complexo ter expectativas? Será que realmente nos causam tão mal? Será que o tombo pode ser grande demais? Ou a expectativa é também uma grande mobilizadora de potencialidades e possibilidades?

 Penso que a tal da expectativa “ruim” que muitos enfatizam diz respeito as expectativas que temos em relação ao outro, ao comportamento do outro, aquilo que desejamos que o outro faça, pense, sinta e isso é realmente complicado não acha? Como não temos domínio sobre pensamentos, realidades e sentimentos alheios como podemos esperar que uma pessoa corresponda plenamente as nossas expectativas? Pode-se ter sinais, indícios, mas certezas, isso é impossível. Então porque insistimos nesse modo de funcionamento em relação as outras pessoas?

 Não seria muito mais prático e eficiente desenvolvermos expectativas em relação a nós mesmos? Acho que isso pode ser mais interessante, pois acredito que assim podemos nos empenhar em desenvolvermos as capacidades, habilidades necessárias para atingir o esperado de nós mesmos.

Claro que isso também pode ser perigoso se não estivermos de fato preparados para tal, e aí não corresponder a expectativa pessoal pode até gerar autoagressão, o que é muito forte e totalmente improdutivo, porém se utilizarmos a auto expectativa como mola propulsora para a ação, tendo clareza que existe a possibilidade desta ação, mesmo que não exatamente como foi por você elaborado, acredito que podemos então considera-la como a “boa “expectativa.

Se a expectativa gerada proporcionar empenho, motivação, determinação na meta a ser alcançada, que coisa interessante de se alimentar não acha?

 Mas como fazer isso sem sofrimento ou medo de não conseguir? Penso que basta se permitir tentar e se o resultado não for positivo, tudo bem. Pare um pouco, examine os fatos e emoções envolvidos e identifique o ponto chave que não foi acionado ou não intencionalmente desligado e encontre forças no seu interior para retomar o caminho, agora com mais atenção aos aspectos identificados como possíveis complicadores do processo e tente novamente, depositando as “boas” expectativas em você, mas só em você. E assim mantenha-se expectante, acreditando que é possível conseguir/ atingir o que se almeja.

Quando você atinge o objetivo da auto expectativa, o prazer que se vivencia é fabuloso e assim você vai poder bater palmas para você, com muito entusiasmo!!!!!

É muitooooo bom acredite!!!!! Eu recomendo essa experiência!!!!

Foto por Andrea Piacquadio em Pexels.com

Publicado por Angela Boccara

Alguem que gosta muito de escrever !!!!! Enfermeira, professora, mãe, mulher, tia, irmã, filha, amiga.

Um comentário em “SOBRE EXPECTATIVAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: